QUALIDADE NO ENSINO

CONCEITO

Poucas são as escolas que já se certificaram por entidades nacionais e desconhecemos ainda certificações internacionais com acreditações mundiais por puro desconhecimento ou ignorância total sobre esta possibilidade. Essa experiência nos autoriza a interferir um pouco sobre as alternativas para a questão do aluno formado e ainda mal colocado no ambiente profissional.

Talvez a causa fundamental do problema resida mesmo é em nós, professores, quando insistimos em culpar os alunos pelo seu mal desempenho. Nos falta um pouco mais de espelhos para observarmos o nosso desempenho como professores que “achamos” que somos. Será que a nossa aula seria assistida com prazer por nós mesmos? Será que nós mesmos não seríamos reprovados quando submetidos ao nosso método de ensino? Será que nós, os professores, também não teríamos nota “D” naquele Provão Federal? Será que é legítimo os professores definirem o conteúdo programático da disciplina? Será que nós seríamos capazes de incluir naquele conteúdo programático algo que não conhecêssemos mas de que, sabidamente, o mercado necessita? Será que nosso orgulho permitiria levar-nos novamente aos bancos de escola para nossa reciclagem? Será que a classe é toda “burra” naquela aula de física onde o professor manifesta que sempre 70% de seus alunos ficam de exame? Não caberia aqui uma reflexão que privilegiasse o ato de gerar aprendizado ao aluno e não o mero arrotar de conhecimentos aos mesmos? Será que nós mesmos não dormiríamos em nossas aulas? Será que nós realmente fizemos de tudo para contribuir com a vitória profissional daquele aluno? Será que aquele ex-aluno que você encontrou no Shopping com a namorada estará comentando sobre você com orgulho, quase emocionado, ou será que a namorada deste esforça-se para evitar que ele se dirija a você para agredi-lo? Será que o aluno é realmente culpado?

Objetivo

O seminário tem o objetivo de iniciar um processo de correção à atividade do ensino que é, e sempre será , a de gerar aprendizado, e não de ensinar!

Público-Alvo

Toda entidade que se dedica ao ensino, envolvendo pais , professores, coordenadores pedagógicos, funcionários administrativos da escola, alunos, diretores e interessados em geral.

Carga Horária

Carga Horária: 4 horas.

Investimento

Solicite orçamento para turmas em “In Company”: comercial@gaussconsulting.com.br.

Conteúdo Programático

Norma AS/NZS 4360:2004

  • Abertura conceitual e introdutória
  • O lapso do Ensino e da Educação Brasileira
    • O cliente e o produto das escolas
    • O cliente e o produto dos professores
    • O cliente e o produto dos alunos
  • O relacionamento Escola / Professor / Aluno / Empregador / País
  • A escola atual e a escola desejada
  • O professor ortodoxo e o professor de resultados
  • O aluno fracassado e o aluno sucesso
  • A nossa função de Agentes de Mudança
    • A Comunicação Convencedora (AIDA)
  • A ação (precisamos de competência ou de coragem?)
  • Fechamento
    • Estória dos pianistas / Estória da caverna escura.

NÃO ENCONTROU O QUE VOCÊ QUERIA?

Acesse a lista completa de treinamentos

GOSTARIA DE SABER MAIS?

Entre em contato, para saber mais informações entre em contato.

* Esse curso também pode ser realizado no formato “In Company”.