Mapeamento e gestão por processos – BPM

Objetivo

Permitir ao participante reconhecer de forma introdutória metodologias alternativas para Mapeamento e gestão por processos – BPM de forma integrada e alinhada ao BPM-CBOK, sem se limitar a ele.

Público-Alvo

Diretores, Gerentes, Coordenadores, Supervisores e líderes relacionados à medição de desempenho através de processos pré-definidos e indicadores de performance.

Investimento

Solicite orçamento para turmas em “In Company”: comercial@gaussconsulting.com.br.

OU: Consulte nosso Portal de Membros: clique aqui

Conteúdo Programático

  • Conceitos Introdutórios:
    • Materiais técnicos de referência:
      • BPM – CBOK / Corpo de Conhecimentos sobre Gestão por Processos da ABPMP International
      • BABOK / Corpo de Conhecimento sobre Análise de Processos do IIBA
    • Gerenciamento Artístico & Gerenciamento Técnico & Gerenciamento Científico;
    • Gerenciamento das Pessoas & Gerenciamento dos Resultados;
    • O que vem primeiro: a EFICÁCIA ou a EFICIÊNCIA?
    • Definições: Tarefa (como fazer) / Atividades (o que fazer) / Objeto (o que entregar);
    • Mapeando “DE FORA PARA DENTRO”, “DE BAIXO PARA CIMA” e com foco nas ENTREGAS por meio dos OBJETOS;
      • Exibição do Filme: Há sempre um cliente a seu lado.
  • Mapeamento / Modelagem de Processos de Negócios:
    • Sistemática para levantamentos dos processos com base em entrevistas com foco em tarefas, atividades e objetos (entregas);
    • Conceito de Processos Ponta-a-Ponta;
    • Conceito de Subprocesso;
    • Conceito de Macroprocesso;
    • Conceito de Ambiente de Gestão;
    • Reagrupamento dos Desenhos dos Fluxos a partir da lógica dos Ciclos / Subprocessos / Macroprocessos / Ambientes de Gestão;
    • A Estrutura Organizacional Matricial orientada aos Processos (Tombamento da Gestão);
    • O Escritório de Processos.
  • Análise de Processos de Negócios e Monitoramento dos Processos por meio de Indicadores:
    • Metodologia para Análise dos Processos de negócio (Karoshis e Teians);
    • Abordagem IN-PROCESS (Métodos dos 8 gatilhos);
    • Abordagem OUT-Process (utilizando o modelo de referência do MEG-FNQ);
    • Definição dos Indicadores de Monitoramentos dos Processos de Negócio (Fatores Críticos de Sucesso e KPI’s);
    • Identificações dos Indicadores de Performance, de esforço e de resultados, com foco em cada Subprocesso e/ou Processos Ponta-a-Ponta (abordagem do BSC).
  • A Manualização Empresarial:
    • O que é um Documento PAI;
    • O que é um Documento MÃE;
    • O que é um Procedimento Documentado (Padrão de Trabalho):
      • Atitudinal;
      • Auxiliar;
    • O que são Registros;
    • Exemplos de procedimentos documentados alinhados a ISO 9001:2008;
    • A Manualização Empresarial como subsídio da capacitação da Força de Trabalho;
    • As Oportunidades de Melhoria decorrentes do foco nas tarefas.
  • Introdução a BPM – Business Process Management;
  • Introdução ao BPM CBOK – Common Body of Knowledge;
  • Gerenciamento de Processos de Negócio;
  • Modelagem de Processo – AS IS:
    • Diagramas / Mapeamentos / Simulações,
    • Tipos de notações disponíveis:
      • BPMN / Raias / Fluxogramas / EPC / UML / SIPOC / Cadeia de Valor / IDEF-O, LOVEM-E / Value Stream Mapping / System Dynamics,
    • Softwares e ferramentas para Modelagem de Processos de Negócios;
  • Modelagem de Processo – AS IS:
    • Baseado na ENTREGA por meio dos OBJETOS (Metodologia Gauss);
  • Introdução à Análise de Processos (BABOK – TO BE):
    • Abordagem IN Process – Método dos 8 Gatilhos,
    • Abordagem ON Process – Software VETTORE:
      • Tipos, Níveis e Interações dos OBJETOS com uma gestão VETORIAL,
      • Diagramas dos OBJETOS;
    • Abordagem OUT Process:
      • Adotando o MEG/FNQ como modelo de referência para análise OUT;
  • Metodologia KAROSHI e TEIAN para documentação da análise;
  • A Manualização Organizacional (TO DO):
    • Segundo AS IS (foco nas tarefas);
  • A Manualização Organizacional – Metodologia Gauss:
    • Os procedimentos documentados que de nem exatamente COMO FAZER,
    • Sistema de documentação aderentes a NBR ISO 9001:2008 e a ABNT ISO 10013:2002;
  • Gerenciamento do Desempenho de Processo:
    • A importância de traduzir o desempenho dos processos em métricas mensuráveis,
    • A diferença entre Indicadores Estratégicos com base nos Fatores Críticos de Sucesso (FCS) e Indicadores Chave de Desempenho de Processo (KPI),
    • Diferenças entre Dados & Informações & Indicadores:
      • Tipos de Indicadores: Taxa / Índice,
      • Categoria de Indicadores: Resultado (Outcomes) / Esforço (Drives),
      • As perspectivas de desempenho dos processos (metodologia Falconi / Gauss):
        • Qualidade / Custo / Entrega / Moral / Segurança / FCS;
  • A Mudança Organizacional;
  • A relevância do estudo do comportamento humano no processo de mudança de cultura organizacional:
    • O Teste EQ-MAP (Robert Cooper e Ayman Sawaf) como forma de compreender e planejar as mudanças de comportamento,
    • Conhecimentos que alavancam as mudanças;
  • Transformação de Processos;
  • Metodologias de pesquisa e condução das melhorias:
    • Seis Sigma / Lean Manufacturing / TQM / ABCM / Redesenho / Reengenharia / Readministração;
  • Fases de Implantação de BPM;
  • BPMO:
    • Comitês de Processo; Escritórios de Processos,
    • Centros de Excelência Funcionais;
  • Avaliação de Desempenho orientada a ENTREGA por meio dos OBJETOS – VETTORE – Metodologia Gauss);
  • Gestão do Conhecimento:
    • Abordagem da Gestão das Competências,
    • Abordagem do Capital Intelectual,
    • Abordagem da Gestão dos Ativos Intangíveis,
    • A Processualização do Conhecimento,
    • A Automatização do conhecimento;
  • A remuneração estratégica por desempenho das equipes dos processos (meritocracia);
  • Foco NO Cliente e Foco DO Cliente;
  • Estruturas de Trabalho para processos em automação:
    • BAM / APQC / VRM / SCOR / Repositório de Processos,
    • Maturidade da Gestão POR Processos,
    • Visão global da cadeia dos processos organizacionais,
  • Automação de Processos – Soluções de BPMS:
    • Porque é importante automatizar os processos organizacionais,
    • Softwares de GED para Gerenciamento Eletrônico de Documentos,
    • Formulários Eletrônicos,
    • Softwares, tecnologias e linguagens a serem implementadas nas organizações que aplicaram BPM:
      • ERP / EDI / ECM / BPEL / ILM / XML / XPDL / CRM / BI / API / SOA,
      • Vantagens e riscos na automação dos processos.

NÃO ENCONTROU O QUE VOCÊ QUERIA?

Acesse a lista completa de treinamentos

GOSTARIA DE SABER MAIS?

Entre em contato, para saber mais informações entre em contato.

* Esse curso também pode ser realizado no formato “In Company”.